Arquivo por categoria: MINHAS CRÔNICAS

mar 12 2015

Polaquices

  Com licença que vou falar da minha essência. Embora tenha uma ascendência diversificada, uma mistura italiana, espanhola e do Leste Europeu, certamente a polaca é a que se aflora mais fortemente. O curioso é que não conheci meus avós paternos, meu pai morreu quando eu tinha 10 anos e tive convívio escasso com a …

Continue lendo »

Link permanente para este artigo: http://www.claudiawas.com.br/?p=5167

jan 10 2015

Que calorão

  Calor  de verão ou calorão do climatério? Que problema. Sim! Estou rumando para isso. Não sei como funcionou com as mulheres da família de meu pai. Mas com minha mãe foi bem engraçado. Tomava bolinhas de homeopatia do Dr. Humphreys. De hora em hora, o dia todo, o tempo todo. Montanhas delas. Eram frascos …

Continue lendo »

Link permanente para este artigo: http://www.claudiawas.com.br/?p=5187

ago 11 2014

Larguei os bets

A expressão é muito paranaense. No jogo de bete-ombro é preciso fazer corridas enquanto a bola é lançada pelo jogador adversário. Nesse tempo em que o adversário corre atrás da bola, a dupla que rebateu deve cruzar os betes no centro do campo, fazendo assim dois pontos cada vez que cruzam os betes, que são tacos. …

Continue lendo »

Link permanente para este artigo: http://www.claudiawas.com.br/?p=4062

jul 15 2014

Contos não infantis

  Chapeuzinho Vermelho não tinha caráter Não é possível que alguém acredite na bondade de Chapeuzinho Vermelho. Patricinha, cretina, teimosa e sem caráter nenhum. Assediava moralmente e sexualmente um andarilho que era apelidado de Lobo. Sua mãe mandou uma cesta de guloseimas para a vovó e pediu que fosse pelo caminho que beirava o rio …

Continue lendo »

Link permanente para este artigo: http://www.claudiawas.com.br/?p=3994

jun 03 2014

Meu querido diário

A vida não está fácil para ninguém. Tomei muito sol e precisava urgente procurar a minha dermatologista. Marquei a consulta na hora do meu almoço. Encontrei uma vaga para o carro bem na porta. Nem no meu sonho mais feliz imaginaria isso. Mas… Entrei correndo, animada e pedi para usar o banheiro. Pronto! Presa no …

Continue lendo »

Link permanente para este artigo: http://www.claudiawas.com.br/?p=3704

maio 03 2014

Vamos pecar?

  A Igreja Católica classifica os sete pecados capitais como dignos de condenação. Será que estamos prontos para isto? Só vem na minha cabeça a pergunta clássica. Quem nunca? Gula Não comer por prazer? Como assim? Vamos combinar que até mesmo de dieta tem que existir prazer. Não é possível que o alimento sirva apenas para …

Continue lendo »

Link permanente para este artigo: http://www.claudiawas.com.br/?p=3491

mar 11 2014

Desconectada

  A falta de serviços das operadoras de telefonia móvel, internet e tv a cabo já virou estelionato. Pagamos por serviços que não existem. Sempre tento encontrar algo de bom nos meus problemas. Tentei ver por outro lado. Virei, revirei e nada. Depois de 19 meses de trabalho intenso consegui alguns dias de descanso. Precisava ficar sozinha. Fazer coisas …

Continue lendo »

Link permanente para este artigo: http://www.claudiawas.com.br/?p=4988

fev 11 2014

Fala que eu te chuto!

  A patrulha do politicamente correto não permite que eu fale tudo que penso. Centenas de vezes tenho que respirar fundo. Dar um tempo. Como se fosse uma pausa dramática para prosseguir a conversa. Quando escrevo uso recursos gráficos para expressar minha irritação. “Grrrrrr” quando quero dar uma bifa no meio da cara do sujeito. …

Continue lendo »

Link permanente para este artigo: http://www.claudiawas.com.br/?p=4985

fev 04 2014

PODERzinho

  Com a maior divisão de tarefas e responsabilidades nas empresas, se divide junto o poder. Ou melhor, mais pessoas acham que detêm poder, mas na verdade não passa de um poderzinho. O Banqueiro e o bancário. O gerente do banco é bancário, certo? Mas ele não se vê assim. Se acha no direito de …

Continue lendo »

Link permanente para este artigo: http://www.claudiawas.com.br/?p=5007

dez 10 2013

Bondade natalina

  Quero pedir licença para bater um papo. Como se estivéssemos em um balcão de bar. Vamos pensar um pouco. Estamos em dezembro e uma bondade imensa e inexplicável envolve as pessoas. Em um primeiro momento são feitos planos para quitar dívidas e investir o décimo terceiro. Este ímpeto dura pouco. Desanda. Começam as festas …

Continue lendo »

Link permanente para este artigo: http://www.claudiawas.com.br/?p=5183

Posts mais antigos «