«

»

abr 16 2017

Imprimir Post

Com licença, mas eu não quero

Claudia-cronica-com-licença-16-04-17 1Com licença, mas eu não quero várias coisas. Como é difícil assistir o retrocesso que vivemos. Homofobia, racismo, machismo, sexismo, xenofobia etc… Não conhece a terminologia? Mas certamente você conhece as pencas gente assim. Coloque no google e depois navegue nas redes sociais. #dica Pegue o saco de vômito e repare o quanto as pessoas que se dizem de bem são nojentas.

Mário Sérgio Cortella, filósofo e paranaense, foi reto e direto. No ponto. “O contrário de machismo é inteligência”. Ufa! Dá um alívio grande, um suspiro que esvazia o pulmão. Machismo não se prende a uma questão de gênero. Homens e mulheres podem ser machistas. Infelizmente na mesma proporção. Que triste.

O machista canta de galo com mulher e ponto. Acha que a verdade é dele, a força física é argumento, faz e desfaz da mulher. Não quero ninguém assim me rodeando. Não quero nenhum tipo de relação. Posso ter conhecidos com essa atitude, mas jamais serão meus amigos. Não tem como negociar. Dou de cara com um desses e penso baixinho: fuja louca. Gente! Não tenho saco para gracinhas, cantadas imundas e ouvir teorias delirantes. Discussão comigo e unilateral. No mundo virtual a testosterona sobe e o palhaço me desanca. Ai que preguiça. Estou velha e intolerante para isso. É melhor deixar falando sozinho.

Intolerância! Tão abrangente.  Nela cabe toda a terminologia que citei no primeiro parágrafo. Gente que não gosta de gays, de raças, de nacionalidades e igualdade de gêneros. Gente que não gosta de si mesma. Destilam ódio. Disseminam ódio. Gente tóxica. Vão na missa, no culto, fazem doações e compram presentes fofos para crianças. Mas acham normal que moradores de ruas sejam incendiados. Que a tortura é necessária. Que os pobres deveriam ser exterminados. Com licença, mas não quero saber disso.

E que tal os fanáticos religiosos? Eu nunca vi um ateu batendo na porta e tentando converter alguém. Com licença, mas não quero. Não quero que me ditem regras. Já pensou que maravilha seria o mundo se todos seguissem os 10 Mandamentos? Seria de bom tom não matar, não roubar etc… Inclusive é mandamento não usar o nome Dele em vão. Fico pensando…. Gritar, então é pecado mortal? Sem ironias, sem gracinhas. Não é o objetivo da crônica. Mas colocar mais um mandamento proibindo misturar política e religião num Estado Laico, seria bacana. Ô se seria. Amém.

Não foi no primeiramente, então vai no finalmente. #ForaTemer Fora Temer! Fora tudo o que você significa. Usurpador de direitos. Machista, rei do conchavo, representante da política velha. Com licença, mas eu não quero ver meu país assim.

Você deve estar perguntando. E, afinal Claudia, o que você quer? Calma que eu respondo. Quero ser livre e feliz. Sem relações de ódio e ódio. Não é muito não, né?

Fui…

Link permanente para este artigo: http://www.claudiawas.com.br/?p=7468

4 comentários

Pular para o formulário de comentário

  1. Maria do Rocio Caruso

    Né #forahipocritas

  2. Claudia Wasilewski

    Queridas. Obrigada.

  3. Rosangela

    Ódio e felicidade não combinam, disse tudo!;!

  4. Dani

    Ah como é bom ter você na minha vida!!!!
    Poder ler tudo que penso expressado em palavras bonitas, sutis e educadas!!!!
    Amo seu trabalho, suas expressões, suas opiniões…enfim… você! E acho que nem se fôssemos de sangue seria a assim…love you❤️❤️❤️

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *